Peniche e o abocanhar da História — Abril de Novo Magazine

A propósito da tentativa de privatizar o Forte de Peniche, recordei este texto publicado em vários jornais há 16 anos. VOLTÁMOS, PAPÁ! “Fantasmas invisíveis que atormentam O sono leve dos que se alimentam Da liberdade de qualquer irmão.” Miguel Torga Aos poucos estamos a recuperar os teus lugares de eleição. Sei que não gostas […]

via Peniche e o abocanhar da História — Abril de Novo Magazine

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s